Notícias

Eventos

Transmissão do HIV por aleitamento materno: o que você precisa saber

Geralmente quando o tema “transmissão do vírus do HIV de mãe para filho” é abordado, a nossa primeira associação é com a transmissão nas fases de gestação e no parto. Porém, a transmissão vertical (quando a mãe transmite os vírus do HIV/Aids, sífilis ou hepatites virais ao bebê) pode ocorrer, também, por meio da amamentação. 

O leite materno é o primeiro alimento de toda criança, e muito se fala sobre a sua importância para o desenvolvimento saudável do indivíduo. Entretanto, alguns cenários impossibilitam que mães amamentem os seus bebês, e umas dessas condições é o HIV. 

Pré-natal 

Durante o pré-natal, período de exames e assistência médica ao qual as gestantes são submetidas, são realizados exames para identificar a presença de vírus que possam trazer risco ao feto. 

O protocolo vigente recomenda que as gestantes, bem como seus parceiros, sejam testados para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), incluindo o HIV, duas vezes, sendo uma no primeiro e a outra no último trimestre da gestação.

Mas e depois? 

A desinformação deixa de tratar sobre pontos importantes, como a continuidade na realização dos testes para ISTs. Com isso, a mãe que está amamentando pode, sem saber, ser exposta ao vírus e transmiti-lo para o bebê que está recebendo o seu leite. 

Como a testagem só é feita durante a gestação, após esse período os fatores podem contribuir para uma exposição que não é, sequer, imaginada. 

Proteção sexual, a maior aliada de toda uma vida

A principal maneira de se proteger das ISTs é por meio do sexo seguro. Os preservativos masculinos e femininos, conhecidos como “métodos de barreira”, são os mais indicados, em qualquer situação. 

No caso das mulheres que estão em período de amamentação, o sexo protegido se faz ainda mais essencial, pois é um ato que protege a sua vida e a de seu filho. 

Agosto Dourado

O oitavo mês do ano recebe a cor dourada junto de seu nome a fim de simbolizar a luta pelo incentivo à amamentação. Por isso, em agosto, traremos conteúdos específicos sobre este tema, que por vezes acaba sendo pouco explorado. 

Se você se interessa pelo tema e quer se manter informado sobre esse e outros assuntos relacionados ao HIV, continue acessando o nosso blog, e siga, também, o nosso perfil no Instagram