Notícias

Eventos

Primeiro banco de esperma HIV positivo é inaugurado na Nova Zelândia

A Nova Zelândia abriu o primeiro banco de esperma para HIV positivo do mundo e eles estão aceitando doações. A instituição faz parte de um projeto intitulado “Sperm Positive”, que tem como foco doadores do sexo masculino que são soropositivos.

 

Como funciona o primeiro banco de esperma HIV positivo?

O paciente precisa estar em tratamento retroviral e com uma carga viral indetectável, pois assim não existe vírus no sangue ou em secreções genitais. Nessas condições, o espermatozoide torna-se incapaz de transmitir a infecção para outra pessoa.

O banco funcionará de maneira online e irá conectar os doadores e potenciais beneficiários. É importante ressaltar que a Instituição é totalmente transparente ao fato que os doadores são soropositivos e que possuem uma carga viral indetectável.

Para saber mais sobre a Instituição, clique aqui.