Notícias

Eventos

Não se adaptou ao preservativo? Separamos algumas dicas para você

 

sensibilidade aos preservativos

 

 

Muitas pessoas, principalmente homens, justificam a não utilização de camisinhas por meio de variadas razões: desde a diminuição da sensibilidade até a dificuldade em achar um preservativo que se adeque as suas necessidades e preferências. Contudo, especialistas são categóricos ao apontar que a proteção é a melhor forma de manter-se seguro contra o vírus do HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Pensando nessas pessoas, seguem algumas dicas que podem ajudar nessas situações:

1. Descubra o modelo ideal

Hoje em dia, o mercado de preservativos é enorme. Existem diversos tipos, tamanhos, texturas, materiais, cores, aromas e sabores. Essas variações permitem escolher o nível de sensibilidade desejado para o ato sexual, alternar materiais em casos de alergia ao látex ou outro composto, melhor ajuste anatômico ao órgão sexual.

2. Mudar faz bem!

Além do fator protetivo, os preservativos podem contribuir na exploração de diferentes experiências e sensações, dadas as variações apontadas anteriormente.

3. Ajuda extra na lubrificação

Em sua maioria, os preservativos apresentam fatores lubrificantes. Contudo, para algumas pessoas pode ser insuficiente e resultar em desconforto durante o uso. Nesses casos, indica a utilização de lubrificantes íntimos à base de água. Além de serem hipoalergênicos, não interagem com composição da camisinha, mantendo sua integridade e proteção!

Aproveite e siga o PCA nas redes sociais:

Instagram

Facebook