Notícias

Eventos

Estudo diz que 72% dos usuários de PrEP tiveram outras DSTs

Estudo publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) concluiu que 72% dos usuários de Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) tiveram outras doenças sexualmente transmissíveis, como clamídia, gonorreia ou sífilis. Antes do tratamento com a PrEP, a porcentagem de diagnósticos era de 24%.

A conclusão do estudo foi que os mesmos fatores que colocam as pessoas em risco para transmissão de HIV, como o não uso de preservativos e ter mais de um parceiro sexual, por exemplo, servem para adquirir outras DSTs.

Segundo a co-autora do estudo, Rachel Baggaley, a PrEP ajuda a prevenir o HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis, mas ela deve ser acompanhada de testes frequentes e tratamentos de prevenção à outras DSTs.

O estudo foi feito com amostras de dados quantitativos de 26 países e 3.325 artigos de pesquisadores.