Notícias

Eventos

Entenda a importância da imunização

O desenvolvimento do sistema imunológico humano começa ainda na gestação. Nessa fase, a mãe transmite parte de seus anticorpos para a criança em formação. Desde o nascimento, somos expostos a diversos tipos de doenças e, por isso, uns dos primeiros documentos que possuímos é a carteira de vacinação.

Os recém nascidos são muito frágeis, sendo mais suscetíveis a doenças e infecções e, a melhor maneira de preveni-las é a vacinação. Até os 10 anos de idade, várias vacinas e reforços são aplicados para combater inúmeras doenças.

O Ministério da Saúde fornece para a população, de acordo com a idade, as doses de imunizantes necessários. Embora a maioria das vacinas sejam aplicadas na infância, a importância não diminui. Adultos e idosos também precisam de proteção, a fim de garantir a sua saúde.

Importância da vacinação para pessoas com HIV

A imunização das pessoas em geral, é fundamental para evitar doenças e até mesmo a morte. Para pessoas com HIV, manter a carteira de vacinação em dia é essencial, isso porque, a vacinação previne infecções oportunistas e garante a manutenção da saúde.

Embora a pessoa com HIV tenha uma resposta menos eficiente às substâncias da vacina e os efeitos colaterais possam ser mais fortes, por causa da imunossupressão, os especialistas defendem que as vantagens são maiores que os riscos. Entretanto, é necessário uma avaliação médica para saber que tipo de vacina pode ser aplicada.

Relação entre crianças com HIV x vacinação

As crianças com a saúde em HIV, sem alterações imunológicas e sem sinais e sintomas clínicos indicativos de imunodeficiência, podem receber todas as vacinas do calendário.

Quanto mais cedo a criança HIV positiva se imunizar, melhor. Isso visto que, à medida que avança a idade, aumentam os riscos teóricos ou reais na aplicação de vacinas vivas, bem como, a possibilidade de resposta imunológica insuficiente ou inadequada. Quando a vacinação respeita o calendário correto, as chances de perder a oportunidade de imunização são evitadas.

Milhares de vidas já foram salvas graças à vacinação. Vacinar é um ato de amor. Vacine-se!