Notícias

Eventos

Coronavírus e as pessoas que vivem com HIV

Nesse momento de incertezas, uma notícia de alento: até o momento, não há indícios de que pessoas vivendo com HIV integram o grupo de risco do Covid-19. Contudo, isso não as exime de cuidados. Cada vez mais pessoas soropositivas estão chegando à maturidade ou ainda apresentam condições de saúde que as tornam vulneráveis ao novo coronavírus. É o caso do diabetes, hipertensão e outras doenças cardíacas, e também enfermidades pulmonares.

Cabe salientar que existem 15 milhões de pessoas, no mundo, vivendo com o HIV e nem todos possuem acesso à terapia antirretroviral. Tal situação, compromete o sistema imunológico, tornando-as mais suscetíveis às complicações do Covid-19.

Como se prevenir?

Todas as pessoas, incluindo as que vivem com HIV, devem tomar as precauções recomendadas para reduzir a exposição à COVID-19:

– Lavar as mãos regularmente com água e sabão e/ou use álcool em gel.

– Evitar tocar olhos, nariz e boca.

– Cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar e lave as mãos na sequência

– Manter, pelo menos, 1 metro de distância entre você e qualquer pessoa, principalmente se ela estiver tossindo ou espirrando.

Um ponto que deve ser considerado pela pessoa que vive com o HIV é procurar o seu profissional de saúde para manter os estoques adequados de medicamentos no período de quarentena e isolamento social.

Fonte: Unaids e Agência AIDS